Bem Vindos ao Feywild – Conheça mais sobre o cenário que será lançado amanhã

Amanhã, dia 15 de novembro, será lançado mais um suplemento para a 4 edição do Dungeons & Dragons . Depois das sombras de Shadowfell agora teremos o Feywild. Veja a apresentação do site da Wizards.

Aqui está um trecho sobre os
temas principais do livro:

Terra das Lendas: A Feywild é a fonte de muitos dos contos de fadas, principalmente
porque eles são verdadeiros. O Feywild é um lugar onde você pode ser colocado
sob um feitiço para dormir por cem anos, se transformar em um cavalo para
servir de montaria para uma bruxa má. Visite cidades misteriosas construídas
nas árvores, e embrenhe-se por labirintos do tamanho de uma cidade.

O Fey Perilous: Este livro enfatiza o perigo da Feywild e da magia feérica, comunica
a idéia de que os heróis da Feywild estão acostumados a lidar com magia e
criaturas estranhas e perigosas, e que, desafiam explicação.

Magia e superstição: a magia das fadas não necessariamente seguem as regras do
mundo. Encantos são feitos de escamas de peixe e da reflexão da luz do sol, a
magica real desafia a lógica. Superstições podem parecer piegas no mundo, mas
no Feywild, eles podem salvar sua vida e é por isso que você deve segui-las!

Durante o processo de delinear, nós mergulhamos nos conhecimentos existentes
sobre o Feywild (do Manual dos Planos de D &D), relemos os contos de fadas
clássicos, caçados de cópias de romances de fantasia com um toque Feywild (Three
Lions de Paul Anderson), e ler ficção de fantasia contemporâneos, como Stardust
de Neil Gaiman, Joe Abercrombie e a trilogia da Primeira Lei, e Patrick
Rothfuss – O Nome do Vento.

Esta pesquisa me levou a algumas conclusões que forma o esboço do livro.
Primeiro, eu queria que o livro fosse para ler como um “primer” para entrar no
Feywild a partir da perspectiva de um personagem, não um Mestre. Dois, eu
queria que esse livro fornecesse aos jogadores uma certa capacidade de gerar
suas próprias origens de contos de fadas com seus heróis. Três, eu queria o
livro para inundar o leitor, não apenas com informações sobre o Feywild, mas
para incluir as histórias direito e linguagem para colocar o jogador em um “mindset”
de conto de fadas.

Estes três objetivos manifestam-se nos livro de formas diferentes. O capítulo
de abertura do livro é sobre a Feywild a partir da perspectiva do que os personagens
saberiam. Aborda a Feywild a partir de duas perspectivas diferentes: a de um
nativo Feywild, e que de alguém do mundo natural que tropece sobre o mundo pela
primeira vez.

O segundo objetivo se manifesta no último capítulo do livro. Este capítulo
utiliza uma combinação de escolher-seu-próprio-estilo de aventura. Desde a
geração de caracteres para ajudar os jogadores a gerarem suas histórias de
heróis que já estão vivendo na Feywild. Este método dá uma característica de
uma rica história que um jogador pode aproveitar para roleplaying, e fornece ao
Mestre com muitos ganchos para uma campanha centrada na Feywild.

O objetivo final do livro pode ser visto em todo o texto. Nada mais do que contos
de Bardo transmitirão a sensação do Feywild, precisávamos de mais do que apenas
informações sobre a matéria-prima do lugar. Tivemos a idéia de promover ganchos
para a aventura a partir de histórias contadas por bardos em suas viagens.

Cada um usa a linguagem concebida para evocar
o ritmo e ambientação de contos de fadas. Ao invés de sair com um gancho de
aventura e dizendo: “Aqui está uma aventura que você pode executar”, Estes
trechos são trazidos em caixas de textos laterais tecendo um gancho gancho para
aventuras em uma história, quando lidos por um leitor, a história cria uma
sensação da atmosfera Feywild, e quando lido pelo DM, a história inspira
aventuras que são, então, familiar para os jogadores.

Em essência, eu queria fazer os jogadores familiarizados com a mitologia “conto
de fadas” do mundo D & D. Dessa forma, quando os jogadores vivem uma
aventura ligada à mitologia, eles sentem a mesma sensação de familiaridade que
seus personagens sentem.

Anúncios
Esse post foi publicado em Caminhando por Zoe, De mestre para mestre, Lugares para Aventuras. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s