Combate X Ambientação

Este post não é sobre conselhos ou mesmo para chegar uma conclusão sobre o assunto, mas sim sobre uma discussão e, acredito, uma abordagem sobre as mais recentes tendências do RPG.

Ultimamente, tenho visto em vários blogs nacionais, um grande descontentamento com a 4a. Edição, o engraçado é que se prestarmos atenção, isso ocorreu também em blogs gringos, o que parece então estar relacionado com o avanço de níveis na 4a. edição.

Sem duvida os combates da 4 edição são bem legais, mas quanto mais níveis, mais condições, mais marcadores, mais um monte de coisa. E quando termina o combate, la se vão os players apagarem tudo aquilo, uso de poderes, pontos de vida, segundo fôlego e por ai vai….

E onde a ambientação entra? Bom o que tenho percebido, a 4 edição está travando na minha mesa, simplesmente porque estão todos pensando nos combates, e a exploração que era uma coisa que eu gostava muito, isso esta se perdendo… Não falo do Role Play, pois meus jogadores são velhos e fazem isso muito bem, mas quando estão na loucura do jogo…Parece que desanda, apareceu alguem na frente…é pancada na cabeça…E olha já tentei fazer de tudo para que isso não ocorresse – mas parece que o jogo leva a isso, ninguem tem mais medo e sai correndo deixando poças de óleo incendiadas para trás para evitar perseguição (isso é só um exemplo), todo mundo sabe que vai sobreviver, a não ser que o mestre mande um monstro 10 níveis a mais. O que eu achava legal é que nem o mestre nem os jogadores sabiam como acabaria a aventura.

Meu grupo joga AD&D também, e é incrível como o mesmo grupo age tão diferente nestes jogos, no AD&D eles pensam muito antes de tomar qualquer atitude, e o que vejo é que a cada sessão a história desenvolve, não são 3 combates, é a história. A exploração é bem legal, o desequilíbrio do jogo e os fatores aleatórios dão um gosto de que ninguem sabe como vai acabar aquilo. Tudo bem é um jogo antigo, mas sem frescuras, sem ter que ficar calculando mil coisas. Sem raças que a gente nem sabe como existe….Quer pular ate ali? Faça um teste de Destreza….O mago não serve pra nada? Deixa o grupo precisar de um pouco de inteligência….

Bom na verdade não é uma defesa de ambientação x combate, nem uma defesa de edições

Só um breve desabafo – Talvez eu tenha que aprender mestrar 4 edição nos níveis mais altos.

Anúncios
Esse post foi publicado em De mestre para mestre. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Combate X Ambientação

  1. opa! interessante que notei isto também, é dificil deixar os personagens de calças curtas.
    Bom tivemos duas situações que envolveram outros objetivos que não o combate dentro de um combate.
    Situação 1) os aventureiros estavam disfarçados de mercadores em pleno acampamento do exército inimigo em uma idade portuária, eles tinham que lutar pra fugir, pois sempre vinham mais tropas ( fugiram se jogando do pier ). Fiz 3 tipos de tropas batedores / soldados e soldados + arma secreta ( a ultima tropa é uma tropa composta de uma tropa normal + 1 elemental de 10º lvl que eles usavam para emergências. ).

    Situação 2) ( eu estava jogando ) Tinhamos de invadir um castelo silenciosamente para libertar um grupo de magos ou eles seriam mortos. tivemos um combate, em que não podiamos usar nada que fizesse barulho E impedir que os soldados soassem a corneta.
    O massa é que o mestre pediu que descrevessemos como iriamos nos esconder e nos mover, e como armariamos as emboscadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s