Vilões Reais para inspirar os NPC’s do Mal em suas Aventuras de RPG

Hoje apresentamos dois vilões que realmente existiram para inspirá-los a criar o seu Boss, aquele vilão principal que você tem que destruir em sua campanha. Hoje apresentamos Gilles de Rais e Gengis Khan.

Gilles de Rais

Rais foi uma Bretão que lutou contra os Ingleses,  servindo muitas vezes ao lado de Joana d’Arc. Um ano depois ela foi queimada na fogueira, Rais se aposentou do serviço militar e retornou ao castelo de sua família, em Machecoul. De lá, Rais começou uma campanha de assassinatos sádicos, matando entre 60 e 200 crianças. Ele preferiu meninos com idades entre 6 e 18. Suas vítimas eram geralmente de olhos azuis e cabelos loiros, e geralmente eram raptadas da vila de Machecoul e as zonas circundantes, ou atraídos para o seu castelo. Sua primeira vítima foi um mensageiro de 12 anos de idade, que foi enforcado pelo pescoço em um gancho de metal e estuprada. Mais e mais crianças começaram a desaparecer e a suspeita surgiu. Infelizmente, os moradores ficaram apavorados demais para ir para cima de um dos homens mais poderosos da França. Rais tinha uma câmara especialmente construída no local onde ele iria restringir suas vítimas enquanto ele prosseguiu com seus grotescos atos sexuais. Ele iria matá-los com uma variedade de métodos, que incluiu a decapitação, desmembramento e estripação. Ele gostava de vê-las morrer, às vezes até rindo. Depois de alguma dificuldade, um caso foi finalmente criado contra ele. Rais declarou em seu julgamento que admirava as cabeças e partes do corpo de suas vítimas. Ele foi preso em setembro de 1440, e indiciado por 34 acusações de assassinato. Ele acabaria por confessar os assassinatos sob a ameaça de tortura. Rais foi considerado culpado de assassinato, sodomia e heresia e foi enforcado e depois queimado em 16 de outubro de 1440, junto com dois de seus servos. A Rais foi concedido o direito de confissão depois de expressar remorso. Ele se recusou a admitir que ele era um adorador do diabo e professou a força de sua fé. Gilles de Rais se tornaria um dos primeiros seriais killers conhecidos na história. A culpa e consciência de que ele iria mostrar, quando não assumido pelo desejo de assassinato, só confirmou como depravados e mentalmente perturbado este homem era.

Genghis-Khan

O Temjin Mongol, conhecido na história como Genghis Khan (nascido em 1162) foi um guerreiro e governante que, a partir de origens obscuras e insignificantes, transformou todas as tribos nômades da Mongólia sob seu domínio e de sua família, em um estado militar rigidamente disciplinado. Massacres de populações derrotadas, com o terror resultante, foram as armas que ele usou ​​regularmente. Suas hordas mongóis mataram inúmeras pessoas na Ásia e na Europa nos anos próximos a 1200. Ao atacar Volohoi, Khan convenceu o comandante cidade que iria parar de atacar se a cidade enviasse 1.000 gatos e milhares de andorinhas. Quando chegou a eles, Genghis amarrou pedaços de pano em chamas nos rabos dos gatos. Os gatos e os pássaros fugiram de volta para a cidade o que resultou em centenas de incêndios dentro da cidade. Então Genghis atacou e venceu. Em outra ocasião, mattou 70.000 homens, mulheres e crianças a flechadas. Genghis disse a seus companheiros: “A maior fortuna do homem bom é perseguir e derrotar seu inimigo, aproveitar os seus bens, deixar sua mulher casada chorando e lamentando e usar a sua mulher como uma camisa de noite e de apoio, contemplando-a e beijando seus seios rosados, sugando seus lábios que são tão doces como os frutos de seus seios”.

Anúncios
Esse post foi publicado em De mestre para mestre. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s